Bem-vindo ao
seu laboratório
Sobre a importância do confinamento e das medidas de prevenção…
26-02-2021

Num artigo publicado esta semana na revista Nature Communications, uma equipa de investigadores neozelandesa estudou a eficácia das intervenções não farmacêuticas (NPIs), usadas no contexto mundial de luta contra a pandemia pelo SARS-CoV-2. Através de diversos sistemas de vigilância, foi observada em 2020 uma redução sem precedentes de infecções pelo vírus Influenza e por outros vírus respiratórios.

Não foi de facto detectada nenhum surto de gripe durante o inverno de 2020 (Junho a Agosto) o que levou os autores a postular que o uso rigoroso de NPIs, (uso de máscara, distanciamento físico, confinamento) levou a uma mudança significativa de comportamentos, que resultou numa redução substancial dos contactos entre indivíduos infectados com Influenza e indivíduos susceptíveis à infecção.

O facto do confinamento na Nova-Zelândia ter ocorrido no fim do outono, antes da estação da gripe pode terá sido relevante, com um reduzido número de infecções, insuficiente para desencadear uma epidemia na estação seguinte, em que estavam instituídas outras medidas depois do desconfinamento (controlo de fronteiras, distanciamento físico, promoção de higiene pessoal).

Apesar de algumas limitações (estudo observacional, priorização da testagem para SARS-CoV-2, selecção das amostras), este estudo não deixa de apontar algumas pistas para o futuro, nomeadamente na planificação do próximo inverno.

Será interessante perceber se em Portugal, quando os dados estiverem disponíveis, o mesmo se verifica.

Fica também uma pergunta, não directamente relacionada, mas que nos parece pertinente: qual foi o impacto da suspensão das visitas nos lares e do maior controlo nos acessos nas Infecções respiratórias não COVID dos residentes?

Sobre a importância do confinamento e das medidas de prevenção…
Morada
Rua Álvares Cabral, 77 R/C
4400-017 Vila Nova de Gaia
Portugal

geral@lacgaia.pt
+351 223 752 698
Horário
Segunda a Sexta-feira
7:30h - 18:30h

Sábado
8:30h - 12:00h
Laboratório licenciado
Licença nº4/2006